FLORESTA – Mais de mil candidaturas para substituir eucaliptos por folhosas

0
3

A medida para apoiar a reconversão de eucaliptais em
povoamentos de espécies de crescimento lento recebeu 1.140 candidaturas,
abrangendo um total de 118 mil hectares de área florestal, disse hoje o
Governo.

Questionado pela agência Lusa, o gabinete da Secretaria
de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural referiu que as candidaturas
a esta medida, com uma dotação global de 36 milhões de euros, encontram-se
agora em fase de análise.

A medida, com a sua dotação distribuída de forma
regionalizada, tem como objetivos “promover
a adaptação da floresta às alterações climáticas e a mitigação dos seus
efeitos, e promover a reabilitação de povoamentos em más condições vegetativas
, bem como a reconversão de eucaliptais
“em áreas ecologicamente
desajustadas em povoamentos de espécies de crescimento lento
“,
explicou a Secretaria de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural.

Na resposta à agência Lusa, é referido que o maior número
de candidaturas registou-se na região do Alentejo e Lezíria do Tejo, com um
total de 600 candidaturas, apesar de não ser a região com maior dotação dentro
desta medida (9,5 milhões de euros).

O Centro e Pinhal Interior, com 14 milhões de euros de
dotação dentro do programa, registou 229 candidaturas, e o Norte, com 10
milhões de euros disponíveis, contou com 177 candidaturas.

Registaram-se ainda 123 candidaturas no Algarve (1,5
milhões de euros disponíveis) e 11 candidaturas para a zona de Lisboa (1 milhão
de euros).