PATRIMÓNIO – Penacova associa-se ao Dia Nacional dos Moinhos

0
4
Em Penacova, a Câmara Municipal, vai assinalar o Dia
Nacional dos Moinhos, proporcionando aos interessados a possibilidade de,
gratuitamente, alguns dos seus núcleos molinológicos, para o efeito vão estar abertos
nos dias 6 e 7 de abril o Museu do Moinho Vitorino Nemésio e no dia 6, o Moinho
da Aveleira.



O município de Penacova associa-se assim ao Dia Nacional dos Moinhos, uma iniciativa organizada pela Rede Portuguesa de Moinhos, com o
apoio da Sociedade Internacional de Molinologia, com a qual se pretende chamar
a atenção dos portugueses para o inestimável valor patrimonial dos moinhos
tradicionais, de forma a motivar e coordenar vontades e esforços de
proprietários, moleiros, organizações associativas, autarquias locais, museus,
investigadores, molinólogos, entusiastas, amigos dos moinhos e população em geral.

O Concelho de Penacova possui actualmente um dos maiores
núcleos molinológicos do país, encontrando-se espalhados pelos Lugares da
Atalhada, Aveleira e Roxo, Gavinhos, Paradela de Lorvão e Portela da Oliveira,
19 moinhos de vento em atividade ou em condições de funcionar, bem como 18
azenhas instaladas nos cursos do Mondego e do Alva e nas
muitas ribeiras que correm no concelho.
Se, no passado, estes engenhos constituíram uma fonte de
rendimentos e uma forma de subsistência, hoje são uma mais-valia patrimonial
que surpreende quem nos visita.

Entre maio e outubro, é ainda possível observar, em
Penacova, o trabalho do moleiro, nomeadamente nos Núcleos Molinológicos de
Gavinhos (Figueira de Lorvão) e da Portela de Oliveira (Sazes do Lorvão). Nos
restantes meses do ano, os visitantes podem observar a ancestral arte de
moer farinha nas azenhas da Ribeira de Lorvão.