SOLIDARIEDADE – Caminhada “O Que Nos Liga” juntou mais de mil de pessoas

0
3

Foram mais de mil as pessoas que aderiram à iniciativa solidária. A 6ª
edição da Caminhada “O Que Nos Liga”,
que teve lugar a 26 de maio passado, em Oliveira do Mondego e Travanca do Mondego, quis
potenciar a atividade física e a adoção de um estilo de vida saudável, bem como
consciencializar para a promoção da saúde e prevenção do cancro. A ação
permitiu angariar um total de 6120 euros a favor da Luta contra o Cancro
.

Oliveira do Mondego e Travanca foram palco, no dia 26 de
maio, da 6ª edição da caminhada solidária “O
Que Nos Liga
”, cujo sucesso ultrapassou as expectativas da organização. A iniciativa foi dinamizada pelo Grupo de Voluntariado Comunitário de Penacova, da Liga
Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), em parceria com a União de Freguesias Oliveira
do Mondego e Travanca do Mondego, e teve perto de 1200 inscrições, que proporcionaram uma angariação de
fundos na ordem dos 6120 euros.

Com os objetivos de divulgar a LPCC e os serviços de apoio
ao doente oncológico e família, a caminhada solidária permitiu ainda à Liga
reforçar a proximidade à comunidade local.

A concretização desta iniciativa e a verba angariada são
fundamentais para a prossecução dos objetivos da LPCC como
: o desenvolvimento
de iniciativas de educação para a saúde, o programa de Rastreio de Cancro da
Mama, as consultas de psico-oncologia para doentes oncológicos e familiares, o
apoio social ao doente oncológico em situação de carência socioeconómica, a
humanização da assistência ao doente e a formação e investigação em oncologia.

O Grupo de Voluntariado Comunitário de Penacova agradece às pessoas e
instituições/empresas que generosamente apoiaram e participaram nesta
iniciativa, ag
radecimento que se estende à Câmara Municipal de Penacova, União
de Freguesias de Oliveira do Mondego e Travanca do Mondego, Bombeiros Voluntários de
Penacova, Águas de Penacova, Frutialva, Padaria de S. Pedro de Alva, Sr.
Casimiro, e a todos os que se disponibilizaram, desde o inicio até ao final,
com toda a logística inerente a esta atividade, nomeadamente à família
Gonçalves, Cidália e To Zé, Filipa e Nuno Garcia, Ângela e Paulo, Lúcia e
Jorge.