REGIÃO DE COIMBRA investe 100 mil euros na primeira fase do projeto que incentiva surf em praias pouco frequentadas

0
2

Cantanhede, Figueira da Foz e Mira são os concelhos
incluídos num projeto que a Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de
Coimbra vai apresentar na quarta-feira, em Lisboa, para promover a prática do
surf em praias pouco frequentadas.



O projeto ‘Surf no crowd‘ (‘Surf sem multidões’) pretende projetar estas praias do Litoral Centro como destino dos praticantes da modalidade, promovendo “o surf como estilo de vida entre família e amigos“, defende a CIM em comunicado.

Em declarações à agência Lusa, o secretário executivo
da CIM da região de Coimbra, Jorge Brito, disse que, numa primeira
fase da iniciativa, “serão
investidos mais de 100 mil euros
“, designadamente na colocação
de sinalética e na campanha de promoção do “Surf no crowd“, a fim de “posicionar as praias e as condições naturais” da região a
nível nacional e internacional.

Esta aposta no chamado “surf friendly
(“surf amigável”) faz parte de “um projeto global de promoção de um conjunto de produtos
turísticos que são de todos
“, que abrange ainda as temáticas
históricas da romanização e das invasões francesas, os percursos naturais e as
redes cicláveis, entre outros, explicou.

Segundo Jorge Brito, com este objetivo e num
período de dois anos que termina em abril de 2020, a CIM, com
apoio de fundos europeus, investe ao todo “mais de um milhões e meio de
euros para estruturar os produtos turísticos integrados
” nos 19 municípios
que constituem a Região de Coimbra.

Distintas pela
sua tranquilidade e autenticidade, as praias da Região de Coimbra reúnem as
condições ideais para fazer surf, com ondas de grande qualidade à espera para
serem surfadas pelos amantes desta modalidade, que terão nestes
destinos todo o apoio logístico e de suporte que necessitam, aliado a um
ambiente ainda pouco massificado
“, salienta a nota.

Praias ainda pouco procuradas de Cantanhede, Figueira da
Foz e Mira, no distrito de Coimbra, “vão
ser alvo de uma forte campanha de comunicação,
desde sinalética específica para identificar o destino, a
vídeos promocionais e eventos, que para além de trazer reconhecimento
a esta região, aumenta a sua notoriedade a nível nacional e internacional
“,
lê-se no comunicado.

A apresentação pública do “Surf no Crowd” realiza-se em Lisboa, no Turim Boulevard Hotel,
na quarta-feira, 14 de agosto, às 16:00, na presença de três embaixadores
do projeto, cujos nomes são anunciados no momento.

Participam na cerimónia a secretária de Estado do Turismo,
Ana Mendes Godinho, o presidente da CIM, José Carlos Alexandrino, o
presidente da Turismo do Centro de Portugal, Pedro Machado, a presidente da
Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro,
Ana Abrunhosa, bem como representantes das autarquias e da Ubiwhere,
empresa responsável pela execução do projeto, ligada à Universidade de
Aveiro.

A Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra reúne os
municípios de Arganil, Cantanhede, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Figueira da
Foz, Góis, Lousã, Mealhada, Mira, Miranda do Corvo,
Montemor-o-Velho, Mortágua, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da
Serra, Penacova, Penela, Soure, Tábua, Vila Nova de Poiares.