EMERGÊNCIA – INEM renova 75 ambulâncias sediadas em seis Postos de Emergência Médica PEM

0
0


Seis Postos de Emergência Médica (INEM) da Comunidade
Intermunicipal de Coimbra (CIM-RC) estão entre os 75 postos nacionais que vão
beneficiar da renovação das respetivas ambulâncias, através de protocolo com o
Ministério da Saúde.

É Marta Temido que preside à cerimónia de assinatura dos
75 protocolos, numa sessão a decorrer hoje de manhã, no quartel dos bombeiros
de Torres Novas.
De acordo com a informação a que o DIÁRIO AS BEIRAS teve
acesso, os postos de concelhos abrangidos pela CIM-RC são os de Tábua, Penacova, Mortágua, Montemor-oVelho,
Miranda do Corvo e Lousã, com uma ambulância cada.

Total
de ambulâncias para o país custa 3,7 milhões

No global, os 75 protocolos “traduzem-se num investimento total superior a 3,7 milhões de euros e
têm como objetivo melhorar as condições de operacionalidade do Sistema
Integrado de Emergência Médica e reforçar a sua capacidade de resposta aos
pedidos de ajuda recebidos através do Número Europeu de Emergência – 112
”,
referem os serviços do ministério.

Ambulâncias
do INEM nos bombeiros e Cruz Vermelha

Os Postos de Emergência Médica (PEM) funcionam em corpos
de bombeiros ou delegações da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), que têm
protocolos com o INEM, destinando-se a dar resposta a emergências médicas
pré-hospitalares no âmbito do Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM).

Para o efeito utilizam uma ambulância de socorro
disponibilizada pelo INEM, disponível 24 horas por dia para atender aos pedidos
de ajuda de quem liga 112.


Atualmente o INEM tem estabelecidos 340 Postos de
Emergência Médica, reconhecendo que “parte
das ambulâncias afetas a estes PEM têm necessidade de renovação
”. Para além
das viaturas que vão ser agora adquiridas, o INEM garante que vai continuar o
processo de substituição das viaturas mais antigas.

António Rosado – Diário As Beiras