CIÊNCIA VIVA – Semana da Ciência e Tecnologia 2019

0
2

É a Semana da Ciência e da Tecnologia 2019, com visitas guiadas
a laboratórios, palestras com investigadores, exposições, cafés de ciência e
actividades experimentais para todas as idades, num total de 350 acções
gratuitas em todo o país.

A “semana de ouro” começa já este domingo, 24 de Novembro, Dia
Nacional da Cultura Científica, com a entrega dos Prémios Ciência Viva
Associação Mutualista Montepio, às 16.00, no Auditório José Mariano Gago, no
Pavilhão do Conhecimento.

O astrofísico Rui Agostinho, o
professor de Físico-Química Paulo Sanches e o magazine de ciência e tecnologia
Falar Global são os vencedores da edição deste ano.

Segunda, dia 25, às 14.00, no
Teatro Thalia, a Fundação para a Ciência e a Tecnologia, a Agência Nacional de
Inovação e o Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas
organizam o seminário “CERN –
Oportunidades para a Indústria, Transferência de Conhecimento e Formação
Avançada
“.

Terça, dia 26, às 14.00, o
Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica, em Viseu, abre as
portas ao público e revela como o DNA e as várias metodologias da biologia
molecular e da genética podem ter aplicação clínica, industrial e até forense.

Quarta, dia 27, às 14.00, os
laboratórios do Grupo de Engenharia Bioquímica do UCIBIO – FCT NOVA estarão de
portas abertas para mostrarem ao público os espaços onde as bactérias se
transformam em fábricas de bioplástico.

Quinta, dia 28, às 11.30,
inaugura-se no Pavilhão do Conhecimento a “E se Mendeleev estivesse aqui?”. Esta mostra interactiva,
desenvolvida pela Universidade de Aveiro em parceria com a FÁBRICA Centro
Ciência Viva de Aveiro, celebra uma das ferramentas mais importantes da
ciência. Foi o génio de Mendeleev que, depois de várias tentativas de outros
cientistas, conseguiu chegar a esta organização que mudou a história da
ciência. Ainda neste dia, às 10.00, o Instituto Politécnico de Bragança promove
a actividade “Caviar de groselha na
cozinha molecular
“, que dará a conhecer ao público o alginato,
substância com propriedades gelificantes e uma das mais utilizadas na cozinha
molecular.

Sexta, dia 29, às 21.00, o Centro
Ciência Viva de Lagos será o palco de uma conversa com o astrónomo Tiago
Campante. As estrelas e os planetas extra-solares vão ser o ponto de partida
para uma tertúlia animada que liga astrobiologia, exploração do sistema solar,
robótica, buracos negros e ondas gravitacionais. 

Também neste dia, às 14.30, o
INESC TEC, no Porto, abre ao público o seu Laboratório de Robótica e revela as
soluções inovadoras que está neste momento a desenvolver para a indústria.

Sábado, dia 30, às 15.00, o
Centro Ciência Viva de Vila do Conde propõe ao público conhecer mais a fundo as
vespas asiáticas. Quais os perigos associados a esta espécie invasora? Esta e
outras questões serão respondidas numa palestra com o investigador José Manuel
Grosso Silva, do Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do
Porto.
Programa completo da Semana da
Ciência e Tecnologia 2019 em cienciaviva.pt
Ciência na Imprensa Regional –
Ciência Viva