DESPORTO – Equipas de futebol do concelho não conseguem superar adversários

0
0

A 14ª jornada da 1ª Divisão AFC trouxe a quebra da
invencibilidade ao líder Mocidade e ao vice-líder Ac. Gândaras, embora estas
duas formações mantenham os mesmos postos na tabela classificativa. O Mocidade
foi ao terreno do Moinhos ser derrotado por 3-1 e o Académico das Gândaras foi
batido por 1-0 no “pelado” do Cova-Gala Deste modo, o actual 6º
classificado (Moinhos) e o 8º posicionado (Cova-Gala) mostraram que qualquer um
dos emblemas pode tirar pontos ao outro no segundo escalão do futebol distrital
conimbricense.
Quem aproveitou estes resultados, porque é a turma que está
mais perto dos lugares de subida, foi o Lousanense. A turma da Lousã, que tem a
melhor defesa da prova com apenas 10 tentos averbados, goleou o Poiares por 4-0
e, com este resultado, está a um ponto do Ac. Gândaras e a três pontos da liderança.
No 4° posto está o Arganil que também chegou mais perto da
dupla que vai na frente. Os arganilenses foram ao terreno do lanterna
vermelha” Esperança vencer por 0-3 e amealharam a nona vitória na prova No
Campo Eduardo Ralha mora o melhor ataque da prova a par da Acadérnica/OAF e
essa será sempre uma “arma” a favor dos arganilenses.
Os estudantes, por sua vez, consentiram o quinto desaire na
prova no reduto do Góis, onde perderam por 3-2.
Brasfemes e São Silvestre tiveram a mesma
“alegria” na condição de visitados e bateram Febres e Pedrulhense
(4-1), respectivamente.
O outro vencedor da ronda é o Ribeirense que superou o Mirandense
por 1-0. Em Arazede, o Águias empatou a uma bola com o Sepins.
DIVISÃO DE HONRA – União perde em casa do Penelense 
O Penelense foi a Gavinhos vencer o União PC por 0-2 num
encontro a contar para 14ª jornada da Divisão de Honra.
Num primeiro tempo muito disputado, com as duas equipas a
lutarem muito pela bola, o Penelense conseguiu adiantar-se no marcador mesmo em
cima do intervalo. Arrancada pela ala direita do ataque, o jogador de Penela
cruzou tenso para o primeiro poste onde surgiu João, após um bom movimento de
antecipação aos defesas, a rematar para o fundo das redes.
O golo mesmo em cima do intervalo veio galvanizar a equipa
orientada por Jorge Duarte que, aos 55′, aumentou a vantagem. Após um mau alívio
na sequência de um canto, o Penelense partiu para a segunda vaga do ataque e o
esférico acabou por chegar a Marco, sozinho dentro da grande área, que não teve
qualquer problema em marcar.
Vitória do Penelense que, com este resultado, passa a somar
23 pontos e mantém o 7.° lugar. O União FC, por seu turno, ocupa o 14º posto.
André Freixo – Diário de Coimbra