ASSOCIATIVISMO – O Núcleo de Penacova homenageou grandes atletas de outrora do Sporting

0
8


Os 27 anos de existência do Núcleo Sporting Clube de
Portugal de Penacova foram bem vincados, com tributos a grandes figuras do
Sporting de Alvalade, nas modalidades de Futebol, Andebol, Atletismo, Ciclismo
José Travassos de Vasconcelos – A Comarca de Arganil
Foi no passado domingo, dia 9, que
os sportinguistas penacovenses se reuniram durante um almoço de convívio,
realizado na Quinta a Nora (Miro), em número de cerca de 200 pessoas. Antes,
porém, a concentração registou-se na sede do Núcleo, em Penacova, com destaque
para a presença de grande número de Núcleos, vindos do norte ao sul do país.
Tendo como símbolo destas homenagens a Barca Serrana, marca
que vinca os tempos em que Penacova vivia da pesca e dos percursos feitos através
do Rio Mondego, particularmente para o porto da Figueira da Foz, foram
galardoados com este prémio Alfredo Pinheiro, que motivou e engrandeceu o Andebol;
Bessone de Almeida Basto, que representou diversas modalidades, deixou uma
lição de moral sobre o que tem acontecido no Sporting, e por isso perguntou
«onde estão os soldados do Sporting…»; Leonel Miranda, ciclista de renome,
tendo sido ele o causador do célebre Joaquim Agostinho ter alinhado nas etapas
do Sporting; Sandra Teixeira, do Atletismo, de Penacova, onde nasceu, cresceu,
aprendeu a andar e a correr; Armando Aldegalega, outro grande nome do
Atletismo, que foi companheiro na equipa do também veterano Aniceto Simões, de
Lorvão. Litos, antigo jogador, não pôde estar presente, mas enviou mensagem de
regozijo pelo prémio com que foi reconhecido.
«Uma associação das
mais dinâmicas e empenhadas…»

Depois do presidente da assembleia geral do Núcleo, José
Alípio Sutil Oliveira, ter deixado palavras de saudação a todos os presentes, foi
o presidente da Assembleia Municipal de Penacova, Eng. Pedro Coimbra,
acompanhado pelo vereador do Desporto, elogiando Ricardo Simões pela forma como
tem apoiado as associações desportivas concelhias, a referenciar que o Núcleo
Sportinguista de Penacova durante estes 27 anos «tem sido uma das associações mais dinâmicas e empenhadas… que faz
acontecer eventos e iniciativas
» e desejou que, doravante, «o Núcleo
continue com o mesmo dinamismo como até aqui
», também fazendo com que as pessoas
voltem a Penacova e levem daqui as melhores recordações, sobretudo a forma como
os penacovenses sabem receber.
Melhor acesso… pedonal
para a sede

O presidente do Núcleo, José Carlos Almeida, depois de
saudar todos os presentes, e não deixando de vincar que estes 27 anos foram «um percurso de muito trabalho, com altos e
baixos
», mas que graças aos sócios, empresas, amigos e autarquias que há um
ano a sede foi ampliada com mais um espaço e como já tinha referido há tempo atrás,
deixou mais uma vez o recado à Câmara Municipal para que o acesso pedonal seja
um facto, a fim de dar melhor acessibilidade à sede e disse estar esperançado que
daqui a uma ano a situação esteja resolvida. Como está em fim de mandato,
deixou o convite para que outros apareçam, no sentido «de dar novo fôlego ao Núcleo para continuar firme» e elogiou a colaboração
«do núcleo duro que está sempre
disponíve
l».
«Os Núcleos são o expoente
máximo do Sportinguismo…»

Antes de serem chamados os Núcleos presentes, para troca de lembranças,
seria o vice-presidente do Sporting Clube de Portugal, João Sampaio, a dizer
que «o eclectismo é a nossa força a
nível mundial
», e saudando os Núcleos presentes, considerou que «os Núcleos são o expoente máximo do
Sportinguismo
».
E indo ao encontro do que se diz que o Sporting não sabe
reconhecer os seus atletas de outrora, em primeira mão deixou a notícia de que em
breve serão reconhecidos com o Galardão de Mérito do Sporting, Bessone Basto e
Armando Aldegalega, e «a seguir serão
outros
», vincou o vice-presidente do Sporting.