CULTURA – Casa das Caldeiras, em Coimbra, recebe exposição sobre Leonardo da Vinci

0
4

A Casa das Caldeiras, em Coimbra, vai acolher, a partir de
domingo, uma exposição em torno do universo de Leonardo da Vinci, apresentando
12 máquinas construídas a partir de esboços do artista e inventor italiano, foi
hoje anunciado.
A exposição, promovida pelo Museu da Ciência da Universidade
de Coimbra e pelo Exploratório – Centro Ciência Viva, é inaugurada no domingo,
na Casa das Caldeiras, estando patente até 30 de junho, revelou hoje a
organização, em conferência de imprensa.
A iniciativa, intitulada ‘Leonardo da Vinci: Tornar o conhecimento visível‘, vai apresentar 12 máquinas construídas, a partir de
esboços originais do inventor italiano, que foram doadas pela empresa
americana IBM ao já extinto Museu Nacional da Ciência e da Técnica de
Coimbra em 1969, cuja coleção passou para o Museu da Ciência da
Universidade de Coimbra (MCUC), referiu o diretor do Exploratório,
Paulo Trincão.
As máquinas construídas pela IBM no contexto da
sua comunicação da ciência são pequenos objetos de carpintaria
criados a partir dos desenhos de Leonardo da Vinci, sendo o maior um
relógio que terá um metro e meio de altura, explicou o responsável,
esclarecendo que a maioria das máquinas tem um comprimento de entre 70
centímetros a um metro.
Para além das máquinas, estarão também expostas reproduções
de esquemas e desenhos de Leonardo da Vinci.
Esta exposição tem uma visão transversal do Leonardo
da Vinci
“, vincou Paulo Trincão, referindo que alguns dos
desenhos do inventor italiano presentes estarão expostos junto a objetos reais,
como desenhos anatómicos ao lado de peças anatómicas, exemplificou.
A exposição é de entrada gratuita para a comunidade
universitária, tendo um preço de cinco euros para o público geral e de 3,5
euros para estudantes e seniores.
O vice-reitor da Universidade de Coimbra Luís Simões da
Silva, também presente na conferência de imprensa, realçou que o plano de atividades do
Museu da Ciência prevê “uma série de iniciativas novas que irão surgir ao
longo dos anos
“, escusando-se a avançar com as novidades programadas.