PROTEÇÃO CIVIL – Serviço Municipal de Penacova instalou 400 Armadilhas para Vespa Velutina

0
8

O Município de Penacova, através
do Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC), tem vindo a intensificar a
prevenção e o combate à praga da vespa velutina, também conhecida como vespa
asiática. A ação será agora reforçada com a instalação, na área geográfica do
Concelho, de 400 armadilhas contendo atrativo açucarado
A colocação destas armadilhas,
sublinha Humberto Oliveira, presidente da autarquia, “faz parte da estratégia
de combate à vespa velutina definida no âmbito do SMPC
” que vai ainda ficar
responsável pela sua manutenção, substituição do atrativo e posterior recolha
do mesmo para prevenir a proliferação de plásticos indesejados no território.
É nossa firme convicção de que, a opção pela constituição de uma equipa para
combater especificamente esta problemática, nos permitiu recolher e tratar
dados de que não dispúnhamos anteriormente e que hoje são determinantes para
que possamos perceber a dimensão desta praga e para que, efetivamente, possamos
combatê-la com uma estratégia bem definida e planeada
.”
A autarquia, criou em 2019 uma
equipa multidisciplinar dedicada exclusivamente à vigilância e controlo da
vespa velutina na área geográfica do concelho o que permite, de forma
concertada, trabalhar de perto com os apicultores, e ajudar a suprir as suas
dificuldades. Neste âmbito, em novembro de 2019, no decorrer da Feira do Mel e
do Campo, a Câmara Municipal de Penacova distribuiu 7 toneladas de alimento
para abelha, de forma a colmatar as carências verificadas. No plano de ação
delineado para 2020, está prevista a produção de armadilhas destinadas a oferta
aos apicultores do concelho, ficando estes responsáveis pela sua manutenção e
posterior recolha para reciclagem.
Humberto Oliveira, alerta, no
entanto, para o facto de que “este trabalho, só faz sentido, se a população e,
em particular, os apicultores, reforçarem a rede de armadilhas, bem como a
vigilância em relação ao aparecimento, nesta época, de ninhos primários e a
partir de junho/julho, para o aparecimento de ninhos secundários. Os serviços
da Câmara Municipal de Penacova e, em particular, o Serviço Municipal de
Proteção Civil, estão alerta, mas são os munícipes, aqueles que de forma mais
eficaz podem exercer esta vigilância, comunicando o avistamento de ninhos de
vespa velutina à Junta de Freguesia da sua residência ou através do n.º 239 470
300 à Câmara Municipal. Este é, efetivamente, um problema de todos e
transversal a toda a área geográfica do concelho, à região e ao país, pelo que,
cada um de nós é igualmente importante nesta vigilância e neste combate
.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui