CULTURA – “A Assassina da Roda”, em livro, vai ser apresentado na Biblioteca Municipal de Penacova

0
5

“A Assassina da Roda”, natural de Figueira de Lorvão, vai ser
dada a conhecer, desta vez num romance histórico, que será apresentado dia 7 de março na
Biblioteca Municipal de Penacova.
Luiza de Jesus é aqui apresentada pelas palavras de Rute de
Carvalho Serra, como a última mulher executada em Portugal.
Nasceu em Figueira do Lorvão (Penacova) moraria em Gavinhos,
mas os crimes por que foi condenada foram praticados em Coimbra. A história
conta que Luiza de Jesus foi condenada, em 1772, à pena de morte por enforcamento
pelo assassinato de 33 crianças expostas na roda da Misericórdia de Coimbra. A
mulher confessou que matou 28, mas foram encontrados 33 corpos dos 34
desaparecidos.

Um romance histórico de intensa emoção, baseado em factos
verídicos: aqui, as nossas convicções sobre verdade, mentira, miséria e
ostentação são postas definitivamente à prova. Os horríveis e sanguinários pormenores da execução pública
desta assassina serão suficientes para que a «memória de semelhante monstro»
não desapareça?

O livro publicado pela Guerra e Paz editora tem apresentação
marcada para as 15h30m do dia 7 de março. A sessão conta com a participação do
professor David de Almeida e do vice-presidente do município, João Azadinho.
Sobre a autora

Rute Alexandra de Carvalho Frazão Serra, Licenciada em
Direito, Pós-Graduada em Gestão Pública, Mestre em Direito – Ciências
Jurídico-Políticas (tese de mestrado publicada na Revista Jurídica digital
“Data Venia”). Exerce atualmente funções de auditoria pública externa, junto do
Tribunal de Contas de Portugal.
Ao longo de dezoito anos de atividade profissional na
Administração Pública, foi técnica superior na extinta Direção-Geral de Viação,
e exerceu funções dirigentes, durante oito anos, na Autoridade de Segurança
Alimentar e Económica (chefe de divisão do Gabinete de Inspeção e Assuntos
Internos, Inspetora-Chefe da Delegação de Santarém e Inspetora-Diretora da
Unidade Regional do Norte).
Docente convidada em cursos de Pós-Graduação e Mestrado, na
área da Investigação Criminal e Criminologia. Formadora nas áreas do direito
penal, processual penal e contraordenacional, em diversos cursos de acesso à
carreira inspetiva. Foi preletora em inúmeras sessões de esclarecimento
dirigidas a operadores económicos. Representou externamente a Autoridade de
Segurança Alimentar e Económica, na República Popular da China. Membro do
Observatório de Economia e Gestão de Fraude.
Colabora regularmente com diversos órgãos de comunicação
social, em especial sobre matérias do domínio da fraude.