TDT – Terceira fase de alteração dos emissores em Coimbra arranca a 6 de abril

0
10

A terceira fase da alteração de emissores da TDT, essencial
para o arranque do 5G, começa na quinta-feira e envolve os distritos de Lisboa,
Santarém, Leiria, Coimbra, Castelo Branco, Viseu e Setúbal, lembrou hoje o
regulador das comunicações Anacom.
A terceira fase da migração da rede de emissores da
TDT [televisão digital terrestre] começa com a alteração do emissor de
Cheleiros, em Sintra, e termina no dia 21 de abril, com o emissor de
Piódão
“, refere a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom).
Até dia 10 de março, o processo decorre em simultâneo
com a alteração dos emissores da fase 2
“, acrescenta.
Adianta ainda que alguns emissores do distrito de Setúbal já
foram alterados na fase 2.
Nem todos os utilizadores de TDT serão abrangidos
neste processo
“, aponta, salientando que “as pessoas saberão que são
abrangidas pela mudança se a sua televisão ficar sem imagem
“.
Na sexta-feira, terá lugar a ressintonia dos emissores TDT
de Vila Franca de Xira e três dias depois será a vez de Olivais e Montegordo
(Vila Franca de Xira).
Em 10 de março cabe a Alverca, Janas e Lisboa (Xabregas),
sendo que um dia depois será a vez de Arruda dos Vinhos, Monsanto e Restelo
(Lisboa) e Malveira.
Coruche e as zonas de Benfica e Castelo, Lisboa, e Torres
Novas – Trancão verão os seus emissores serem ressintonizados em 12 de março. A
migração da faixa da TDT em Cascais está prevista para 18 de março, a de Sintra
dia 20 de março, e Peniche dia 25 de março.
Fátima e Alcobaça estão previstas serem alvo de ressintonia
em 01 de abril, Coimbra tem início em 06 de abril, e Arganil em 20 de abril.
Esta terceira fase estará terminada em 21 de abril, com a
migração das frequências em Alvôco das Várzeas e Piódão.
A atribuição das licenças de quinta geração (5G) será feita
por via de leilão, sendo que as mesmas serão atribuídas até meados deste ano.