PROTEÇÃO CIVIL – Três bombeiros de Penacova integram a meia centena de novos bombeiros no distrito

0
8

Dez corpos de bombeiros do distrito de Coimbra vão ser reforçados com 54 novos operacionais. Os estagiários acabam de concluir as provas de ingresso na carreira de bombeiros voluntários e estão aptos a integrar o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) deste ano.

Bruno Afonso, Rita Alves e Miguel Pereira, prestaram provas no passado dia 27 de junho
Depois de a 27 de junho, 35 bombeiros, que vão integrar as
corporações de Arganil, Coja, Lagares da Beira, Miranda do Corvo, Pampilhosa da
Serra e Penacova, terem concluído as provas, este sábado mais 19 finalizam o
processo.
Cátia Vicente – Diário As Beiras
Na primeira fase, as provas, que contam com um teste escrito
com a duração de uma hora e um exame prático no âmbito dos incêndios urbanos e
florestais, decorreram no quartel dos Bombeiros Voluntários de Miranda do
Corvo. Este sábado, os 19 estagiários fazem exames no quartel de Cantanhede.
Vão integrar as corporações de Soure, Coimbra, Vila Nova de Poiares e
Cantanhede.
Os operacionais, cuja idade média ronda os 20 anos, são
avaliados por um júri composto pelo Comandante Operacional Distrital, Carlos
Luís Tavares, um representante da Escola Nacional de Bombeiros e o comandante
do corpo de bombeiros do estagiário em avaliação.
Pandemia adiou provas
Devido à Covid-19, as provas de ingresso estiveram suspensas
e, com o aproximar da época de incêndios, a Autoridade Nacional de Emergência e
Proteção Civil (ANEPC)invocou a necessidade de reforço no socorro em tempos de
pandemia para promover os estagiários a bombeiros de 3.ª categoria.
A medida gerou polémica, com as associações do setor a
afirmar que estes jovens seriam “carne para canhão”, alertando que não
estavam sequer abrangidos pelos seguros obrigatórios, apenas por apólices para
formandos.
Conseguimos realizar as provas de ingresso no distrito o
que põe fim a essa polémica e permite normalizar a situação que, este ano, por
causa da pandemia, estava a seguir um percurso diferente
”, sustenta o
comandante operacional distrital, aproveitando para felicitar os novos
bombeiros que considera serem “uma mais-valia” para o distrito. “São
operacionais preparados para qualquer tipo de ocorrência e que são um reforço
muito importante nas corporações
”, conclui o responsável.