Alojamentos Locais de Penacova, locais de excelência para receber quem (n)os visita (atualizado)

0
120
São vinte os Alojamentos Locais que contámos em Penacova, distribuídos por cinco freguesias do concelho, localizando-se em maior número na freguesia de Penacova. Este “boom” de espaços, eventualmente atípicos, disponíveis para acolher quem nos visita a que assistimos recentemente deve-se, por um lado, à facilidade com que se disponibilizam e, por outro, à sua localização, geralmente mais próxima dos locais de veraneio, a que também não será alheia a familiaridade que transparecem e à quase ausência de formalidades, normalmente associadas ao estabelecimentos tradicionalmente conhecidos.
A característica comum a todos eles e que, a nosso ver, os torna tão convidativos e agradáveis, será a proximidade que têm com os rios que atravessam o nosso concelho, o Alva e o Mondego, a natureza que os envolve, e a facilidade a que eles acedem. Para além dessas, a qualidade do espaço que oferecem, aliada à excelência do tratamento com que são recebidos por quem os acolhe, fazem deles a escolha de eleição para quem, por estes dias, procura lugares menos turbulentos e menos frequentados, seja para retemperar as forças, seja para manter o necessário equilíbrio mental nestes dias de pandemia.
Pelo concelho existem outros empreendimentos turísticos e estabelecimentos hoteleiros, exclusivamente dedicados aos fins a que se destinam, de indubitável qualidade, mas cuja análise e apreciação não será efetuada neste texto.
Assim, na freguesia de Penacova, mesmo no centro da vila, encontramos a “Pensão Avenida”, recentemente transformada em alojamento local e a “Altíssima Guesthouse“, desde há pouco tempo a funcionar nas instalações da antiga Casa do Repouso. Mais abaixo, em direção ao Mirante Emydgio da Silva, na encosta nascente da vila de Penacova, situa-se a “Casa da Costa do Sol, cujas vistas deslumbrantes para o Mondego fascinam qualquer um. Depois, voltando ao centro da vila e desescendo até ao Largo de D. Amélia, e tomando a EN 235 em direção à Ponte de Penacova, na margem direita do Mondego, podemos encontrar a “Casa Amarela”, a Casa da Costa do Sol, e a “Casinha da Ladeira”. Atravessando a ponte, e já na margem esquerda do rio mondego, seguindo pela EN2 em direção à localidade da Ronqueira, encontramos a “Casa do Outeiro”, a “Casa do Mondego” e o “Marti Alojamento”.
Regressando à EN2, e tomando a direção de Chaves, encontramos logo ali, junto à Ponte de Penacova, a Hospedaria Lampião, que para além de alojamento, também tem a disposição dos viajantes um posto abastecimento de combustível. Algumas centenas de metros mais à frente, na povoação de Vila Nova, temos “Charrua do Mondego”, outro alojamento local que se situa na freguesia da Penacova. 
Mais à frente, na localidade de Friúmes, da União das Freguesias de Friúmes e Paradela, encontramos a “Casa Aurora” e “Latas Country House”, uma casa senhorial, também ela transformada em alojamento local. Aqui pode aproveitar para subir à Serra da Atalhada, onde poderá encontrar também um grande o grupo molinológico, cujos moinhos de vento também dariam magníficos alojamentos locais. 
Seguindo pela EM534 em direção ao Vimieiro, na União das Freguesias de São Pedro de Alva e São Paio de Mondego, encontramos junto à praia fluvial, a “Casado Alto”, a “Casa da Chapinheira”, a “Casinha de Pedra” e “O Medronheiro”.
De regresso, pelo IP6 e retomando a EN2 com direção ao Porto da Raiva, na União de e Oliveira do Mondego do Mondego e Travanca e Oliveira do Mondego, encontramos a “Casa do Rio”, localizada na margem esquerda do rio Mondego, a montante da foz do rio Alva.
Descendo para o IP3, e saindo no nó de Penacova, apanhamos a EN235 que nos leva ao Casal de Santo Amaro, onde podemos descansar na Quinta Vale da Casa” e assim aproveitar a estadia para visitar um dos ex-libris do concelho de Penacova, que são os antigos e bem recuperados fornos da cal, agora transformados num belíssimo núcleo que vale a pena visitar.
Seguindo pela EN235 e, já em Ribela, ainda na freguesia de Penacova, cortamos para à esquerda para a Rua de São José que depois de se fundir com a Rua do Salgueiro, nos levará à freguesia de Figueira de Lorvão onde vamos encontrar a “Casa da Tileira”, situada a poucas centenas de metros do núcleo molinológico da Serra de Gavinhose a poucos quilómetros do secular  Mosteiro do Lorvão.
Do outro lado, virado a norte, mas na freguesia de Sazes do Lorvão, subimos à Espinheira e em pleno núcleo molinológico da Portela de Oliveira podemos descansar no “Fernando’s windmill”, um moinho de vento transformado num confortável refúgio, situado num local emblemático para o nosso concelho, ou não fosse ali que se encontra o Museu do Moinho Vitorino Nemésio.
Terminamos assim este magnífico percurso pelos Alojamentos Locais de Penacova, que oferecem um excelente serviço de acolhimento a todos aqueles que, por esta altura, procuram os bons ares de Penacova.