Detido em flagrante por assalto à CGD foi libertado com Termo de Identidade e Residência

0
1891

Em comunicado enviado à redacção o Comando Territorial de Coimbra, informa que hoje, dia 7 de setembro, militares do Posto da GNR de Penacova detiveram em flagrante um homem de 20 anos, por furto a uma agência bancária da CGD sita nesta vila.

A detenção ocorreu na sequência de uma denúncia de que estaria a ocorrer um furto a um banco em Penacova. “Recebemos uma denúncia sobre barulhos na agência bancária a indicar que poderia estar a decorrer um furto. Os militares deslocaram-se de imediato ao local e surpreenderam o suspeito, encapuzado, dentro das instalações”, explicou o alferes Luís Ferreira.

De acordo com a mesma fonte, para se introduzir no interior da agência bancária, o jovem usou “uma peça grande de ferro com cerca de 60 centímetros”, com a qual começou por destruir parte da caixa multibanco existente no exterior, arranjando “uma brecha” para conseguir entrar.

O detido foi constituído arguido e foi presente no Tribunal de Penacova para interrogatório, tendo sido restituído à liberdade com Termo de Identidade e Residência, a medida de coacção menos gravosa prevista no Código Penal.