Luís Filipe Santos encabeça Lista B à Distrital de Coimbra do CDS-PP

0
265

O empresário apresenta-se como o candidato com o perfil e a identidade certas para o momento que o CDS-PP atravessa

Luís Filipe Santos, licenciado em engenharia mecânica e empresário nas áreas de sistemas de pagamento, vending, office coffee e turismo, com cerca de 15 anos dedicado à Juventude Popular e ao CDS-PP, anunciou a sua candidatura a presidente da Comissão Política Distrital de Coimbra.

Este momento é o culminar de um longo percurso de trabalho e dedicação à causa pública, amplamente reconhecido. Percurso que nunca se encerrou na intervenção política, Luís Filipe Santos tem um vasto trabalho desenvolvido nas áreas social e associativa, que se cruza com um percurso de dedicação ao voluntariado.

O atual membro da Assembleia Municipal de Vila Nova de Poiares e agora candidato à Comissão Política Distrital de Coimbra do CDS-PP é secretário do Conselho Fiscal da Misericórdia de Vila Nova de Poiares, presidente da Comunidade Local de Baldios das Lavegadas, secretário do Conselho Económico da Paróquia das Lavegadas (desde 1998) e membro da Comissão Alargada de Proteção de Crianças e Jovens, do Conselho Municipal da Juventude e do Conselho Económico e Social de Vila Nova de Poiares. É, também, fundador do Lions Clube de Vila Nova de Poiares e sócio-fundador da Associação Empresarial de Poiares. Ao percurso no associativismo acresce, ainda, o voluntariado na Comunidade Juvenil São Francisco de Assis.

O combativo candidato tem demonstrado ao longo dos anos com a sua perseverança uma identidade bem vincada na forma de estar e fazer política. Essa identidade que lhe é amplamente reconhecida no partido tem tradução efetiva nos resultados que tem sustentadamente apresentado de forma crescente. O atual presidente da Comissão Política Concelhia de Vila Nova de Poiares tem sucessivamente apresentado os melhores resultados do partido no distrito de Coimbra nos atos eleitorais dos últimos anos.

Luís Filipe Santos, de 41 anos, apresenta-se a eleições com propostas muito objetivas para atingir os objetivos que tem para o mandato. Desde logo a criação de cinco núcleos territoriais (rede distrital), com o objetivo de estimular uma maior aproximação e envolvimento e criar uma nova dinâmica capaz de reativar algumas das concelhias com menor atividade. Nesta que será a estratégia para a criação de uma task force de atuação interna, o respeito pela autonomia das estruturas concelhias será sempre uma constante.

Além desta proposta, na agenda de Luís Filipe Santos, que foi o candidato do distrito pelo CDS-PP às últimas eleições europeias, destacam-se, também, a criação do Gabinete de Estudos Distrital, que será liderado pela vice-presidente e médica Paula Helena Ferreira da Silva, da rede de autarcas distrital, dos fóruns distritais e, ainda, da figura do anfitrião do partido. Entre os seus objetivos está, também, a afirmação de uma estratégia de crescimento em articulação com a Juventude Popular e a Federação dos Trabalhadores Democrata-Cristãos (FTDC) e o estabelecimento de uma estreita relação com a direção nacional e o grupo parlamentar. Luís Filipe Santos e a sua equipa consideram, ainda, como temas centrais da sua atuação política, neste programa, o Sistema de Mobilidade do Mondego (antes Metro Mondego e agora MetroBus), o IP3, o IC6, a saúde e a interioridade e desertificação no distrito, não esquecendo o grande desafio do mandato, que serão as autárquicas de 2021. De referir, também, o dramático tema, para o distrito de Coimbra, da ferrovia ou da estratégia para o porto da Figueira da Foz, que se assumem como fatores críticos para o desenvolvimento socioeconómico deste território.

Fazendo do reforço da militância e da filiação bandeiras, Luís Filipe Santos apresenta-se com uma equipa forte que conta com o atual presidente da Comissão Política Concelhia de Coimbra, Américo Petim, como primeiro vice-presidente, e com a anterior líder da mesma Concelhia e líder da bancada centrista na Assembleia Municipal de Coimbra, Lúcia Santos, na Mesa do Plenário Distrital, que será liderada pelo enfermeiro Pedro Filipe. Conta, também, com o advogado Manuel Sousa Domingos, de Soure, e com a gestora Clara Luxo Correia, de Penela, como vice-presidentes. A liderar o Conselho Distrital de Jurisdição está o advogado Tiago Mariz.

Com uma equipa que concilia experiência política e autárquica com juventude e que garante uma representação abrangente do distrito, Luís Filipe Santos acredita que tem a melhor proposta para o partido no distrito de Coimbra.