Covid-19: Três restaurantes de Penacova fechados por decisão dos donos

0
432

O presidente da Câmara de Penacova, Humberto Oliveira, esclareceu hoje que a decisão de encerrar três restaurantes no concelho foi tomada pelos seus proprietários com efeitos desde o dia 07.

A decisão de encerrar os três restaurantes não foi minha. Não cabe à Câmara Municipal de Penacova, nem ao seu presidente, mandar encerrar restaurantes”, afirmou Humberto Oliveira.

Em comunicado, explicou terem sido “as gerências de cada um deles que, de uma forma responsável, decidiram encerrar os seus estabelecimentos quando detetaram a existência de infetados com covid-19 entre os colaboradores”.

Negando que haja “65 pessoas com a doença” neste município do distrito de Coimbra, o autarca atualizou e explicou os dados oficiais sobre a propagação do vírus em Penacova, no distrito de Coimbra.

“Há, sim, desde o início da pandemia, 70 casos positivos à data de 22 de setembro, aos quais há que deduzir os felizmente recuperados e os infelizmente falecidos, para aferir qual o número de casos ativosAtualmente, temos 30 casos ativos no concelho”, referiu.

Humberto Oliveira frisou que “é público que estes restaurantes se encontram encerrados”.

“Não desde ontem ou anteontem [23 ou 22 de setembrorespetivamente], mas desde o dia 07 de setembro“, explicou.

Em tempo de pandemia, “o nosso comportamento, individual e coletivo, deve ser o mesmo, tenhamos zero ou 100 casos”, defendeu.

“As entidades públicas e privadas de Penacova têm feito um esforço adicional para que tudo volte à normalidade possível, inclusive os restaurantes em causa, que estão a trabalhar no sentido de reabrirem logo que se encontrem reunidas as condições”, informou o presidente da Câmara, esclarecendo que os três estabelecimentos referidos “não estão infetados“, mas que foram contagiadas pessoas que neles trabalham.

Humberto Oliveira planeia ir a esses restaurantes quando reabrirem, tal como — “pela confiança na sua atitude responsável” — já faz com os restantes do concelho.