Proteção Civil realiza esta quinta-feira exercício de sensibilização para o risco sísmico

0
75

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) vai realizar esta quinta-feira o exercício “A Terra Treme” de sensibilização para o risco sísmico, que passa pela prática de três gestos simples: baixar, proteger e aguardar.

É o oitavo ano que a ANEPC promove este exercício, que se realiza na data em que se assinala o Dia Mundial de Sensibilização para o Risco de Tsunami, em 05 de novembro, pelas 11:05.

Em comunicado, a ANEPC refere que o objetivo do exercício é que as pessoas saibam como agir antes, durante e depois de um sismo, “sensibilizando o cidadão para o facto de viver uma sociedade de risco e desafiando-o a envolver-se no processo de construção de comunidades mais seguras e resilientes”.

E são três os gestos que as pessoas são desafiadas a praticar durante um minuto de exercício: baixar, proteger e aguardar, gestos que segundo a ANEPC “podem fazer a diferença a quem os praticar perante a ocorrência de um sismo”.

  • Baixar – baixe-se sobre os joelhos: esta posição evita que possa cair durante o sismo, mas permite mover-se;
  • Proteger – proteja a cabeça e o pescoço com os braços e as mãos e procure abrigar-se; coloque-se, se possível, sob uma mesa resistente e segure-se firmemente;
  • Aguardar – aguarde até a terra parar de tremer.

O exercício “A Terra Treme” é todos os anos organizado em parceria com o Ministério da Educação, mas além da população em idade escolar a ANEPC quer alargar sucessivamente a reflexão e o debate em torno do tema e a participação de outros setores da sociedade civil.

Embora o exercício tenha expressão nacional, a ANEPC, em articulação com a Direção-Geral da Educação e a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares, promove um evento principal na Escola Básica da Ericeira, em Mafra, com um formato mais reduzido que o habitual, devido à pandemia da covid-19.

A Proteção Civil salienta ainda que “a realização dos três gestos que compõem este exercício pode ser concretizada em qualquer contexto, sem colocar em causa as medidas de saúde pública associadas à covid-19”.

No distrito de Coimbra a efeméride é promovida pelo Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra, sendo que o foco das comemorações se centraliza na Escola Básica da Ponte das Três Entradas, no concelho de Oliveira do Hospital (Ponte das Três Entradas, 3400-731 – São Sebastião da Feira), com a execução dos três (3) gestos – BAIXAR, PROTEGER, AGUARDAR do Risco Sísmico.

“A TERRA TREME” tem um website dedicado (www.aterratreme.pt), que disponibiliza informação sobre o Exercício e recursos de divulgação. Foi também criada a hashtag #aterratreme para identificar nas redes sociais as publicações pessoais/institucionais relacionadas com a iniciativa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui