Futsal: Empate no dérbi em nova ronda sem motivos para sorrisos

0
94

O Nacional da 2ª Divisão regressou e logo comum dérbi. A época decorre, mas de forma atípica, tanto que, a título de exemplos e encontraram em Pé de Cão duas equipas do distrito com dados curiosos. O S. João voltou a jogar um mês depois e o Chelo, apesar de cumprir o terceiro jogo, ainda nem jogou em casa em 2020/2021. O dérbi terminou com uma igualdade a quatro golos. A turma conimbricense soma o segundo ponto, já o emblema do concelho de Penacova leva 7 pontos e segue no pódio da Série E.

No mesmo grupo, União 1919 e CRI Alhadense ainda não conseguiram pontuar. O conjunto unionista averbou a quarta derrota em ano de estreia no Nacional na visita ao Retaxo, num jogo em que recuperou de uma desvantagem de 4-1 para 4-4, cedendo depois pela diferença mínima (5-4).Já o emblema das Alhadas não conseguiu travara marcha vitoriosa do Ladoeiro que encabeça a classificação da Série E, tendo somado contra os figueirenses a quarta vitória (6-2) consecutiva.

Na Série D, o Domus Nostra também continua sem conseguir pontuar, mas ficou bem perto de surpreender o líder Cariense. No “Cabanão” de Portomar, a formação do concelho de Mira esteve a vencer por 2-0, já no decurso da segunda parte, mas o conjunto de Caria acabou por conseguir virar o resultado (2-3).

Noutros encontros, o ABC Nelas, com Gustavo Martins e Picasso (2) entre os marcadores, goleou o Gigantes de Mangualde (12-2). Já o mirandense Diogo Simões bisou na goleada do Ferreira do Zêzere no reduto do NS Pombal (3-14).

Ricardo Ferreira Santos – Diário de Coimbra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui