Almofada projetada por estudantes de Coimbra premiada em concurso de ideias de negócio

0
187

O projeto “Dynamic Pillow” – uma almofada inovadora anti-escaras para cadeira de rodas manual projetada por estudantes de Fisioterapia da Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Politécnico de Coimbra – conquistou hoje o segundo prémio do Angelini University Award!.

Concebida para melhorar a qualidade de vida da população envelhecida e dependente de um cuidador, a “Dynamic Pillow” permitirá aliviar as zonas de pressão, promovendo um melhor controlo de postura e ajudando a minimizar a dor. A almofada idealizada pelos estudantes da ESTeSC-IPC integra um sistema elétrico alimentado por uma bateria recarregável, que permite três movimentos – elevação, inclinação anterior e oscilação lateral – auxiliando no levante e nas transferências das pessoas em cadeira de rodas.

A ideia foi desenvolvida em contexto académico, por quatro estudantes da licenciatura em Fisioterapia da ESTeSC-IPC (três deles, entretanto, já diplomados): Ana Souto, Hugo Ribeiro, Inês Ângelo e Joana Sousa. O prémio (2500 euros) representa “uma ajuda para conseguir registar a patente e eventualmente iniciar com desenvolvimento de protótipo”, explicam os jovens.

O Angelini University Award! – que em 2019/2020 assumiu o tema “Menos Dor, Mais Vida!” – é uma iniciativa da Angelini Farmacêutica, que premeia o empreendedorismo de jovens universitários. Na escolha dos dois vencedores (entre 15 projetos selecionados como semifinalistas), o júri teve em consideração critérios como inovação, criatividade, metodologia e viabilidade de negócio, bem como a qualidade de apresentação dos projetos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui