Cantos e recantos do concelho de Penacova: O Moinho do Aviador

0
509

Situado de fronte para Penacova, não muito longe da Ermida de Nossa Senhora do Monte Alto, e com vistas para a Serra do Bussaco, encontra-se, um edifício inacabado e já em ruinas, com aspecto semelhante ao de um moinho de vento, no entanto não o é.

Este edifício mandado construir na década de 1950, cujo proprietário era António Filiciano de Sousa (1897-1981), com o intuito de se tornar casa de férias da família. António Filiciano de Sousa era natural de Gondelim mas residente no Porto com a sua esposa e filhos.

António Filiciano de Sousa era um homem com muitas posses e um tanto excêntrico. O facto de viajar de avioneta do Porto para Penacova e vice-versa, levaram-no a ser conhecido entre as gentes de Penacova como aviador.

Aterrava a avioneta num areal do rio Mondego. Quando a visibilidade era reduzida, um senhor acendia umas fogueiras à beira do rio para facilitar a manobra de aterragem.

O edifício em forma de moinho e o facto do seu proprietário se deslocar de avioneta, acabariam por atribuir aquele edifício o nome de «Moinho do Aviador».

Ana Rita Ferreira, autora da página Por aqui, Por Ali e Por Acoli, assina a rubrica “Cantos e recantos do concelho de Penacova”, do Penacova Actual.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui