Penacova integra a Rota do Geoturismo distinguida pelo programa ALA+T – Qualificar para o Turismo

1
514

O Município de Penacova faz parte do grupo de autarquias que foram recentemente distinguidas no programa ALA+T – Qualificar para o Turismo, cuja segunda edição se realizou no passado dia 10 de dezembro. O projeto Portugal Rocks – Rota do Geoturismo, apresentado pelo município penacovense em parceria com os municípios de Montemor-o-Velho e Peniche, visa potenciar a visita às “maravilhas geológicas” do território e, para o efeito, sugere o desenvolvimento de uma solução turística de base tecnológica.

Monumento natural que marca a paisagem das margens do Mondego junto a Penacova, a Livraria do Mondego é um monumento que o tempo esculpiu ao longo de mais de 400 milhões de anos. Foi classificado por Galopim de Carvalho como um Geomonumento ao Nível de Afloramento.

A implementação de uma rota nacional dos locais com interesse geológico e geoparques UNESCO, assim como a criação de uma aplicação para dispositivos móveis com diversas funcionalidades, nomeadamente com o recurso à realidade aumentada, ou a colocação de painéis interativos são algumas das soluções apresentadas pelo projeto Portugal Rocks – Rota do Geoturismo.

As duas edições do ALA+T juntaram mais de 30 por cento dos municípios de todo o país, representados pelos seus executivos e técnicos superiores. Para além dos municípios participaram ainda as 4 comunidades intermunicipais e a Entidade Regional de Turismo do Alentejo.

No total, o ALA+T reuniu 232 participantes, 32 projetos de desenvolvimento turístico e 45 master classes, que decorreram nas escolas do Turismo de Portugal em Lamego, Porto, Coimbra, Caldas da Rainha, Estoril, Portalegre, Setúbal e Faro.

Publicidade

As ideias de projeto apresentadas pelos diversos grupos forma o resultado do programa de qualificação em turismo destinado a técnicos superiores e executivos da administração pública autárquica, dinamizado pelo do IPDT – Turismo e Consultoria, com o apoio do Turismo de Portugal.

Os projetos apresentados podem vir a ser alvo de apoio para a sua implementação, por parte da Turismo de Portugal.

Por causa da pandemia, a apresentação das melhores ideias de projeto e a cerimónia de encerramento do programa ALA+T – Qualificar para o Turismo decorreram através da internet, tendo contado com a participação da secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, e do Presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo.

A Livraria do Mondego enquadra-se no projeto transversal “Rios e Zonas Húmidas” da CIM-RC. Com uma extensão de apenas 800 metros, este percurso interpretativo permite descobrir um acervo sobre a geologia e biodiversidade da região de Coimbra absolutamente ímpar.

Pub

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui