A campanha de administração da primeira dose da vacina contra a Covid-19 nas Estruturas Residenciais para Idosos (ERPI) do concelho de Penacova teve hoje início. O Centro de Saúde de Penacova em estreita colaboração com a Câmara Municipal e o Serviço Municipal de Proteção Civil, delinearam uma estratégia de cooperação ao acompanhar no terreno todo o plano de vacinação promovido pela ACES Baixo Mondego, anunciou o município.

Humberto Oliveira, presidente da autarquia penacovense refere que “este é um enorme passo para o combate à pandemia. Os tempos têm sido muito difíceis no nosso País, e Penacova não tem fugido à regra, são dias em que os números aumentam drasticamente, vemos serviços a encerrar, pessoas a ficarem isoladas, entre muitas outras situações”.

Para o edil penacovense “esta é a altura de reforçar medidas de estarmos todos juntos para que, tal como em março de 2020, abraçarmos a luta em conjunto e superarmos este terrível inimigo invisível” e salienta que ”o início da vacinação em Penacova trará certamente um sinal de esperança, sabemos que não será fácil, mas vamos acreditar e ser optimistas”.

Humberto Oliveira deixa ainda o repto para que quem possa passar por maiores dificuldades e necessite de apoio, não hesite em contactar os serviços do Município de Penacova, referindo que “o Povo de Penacova já deu muitas vezes provas cabais de saber ultrapassar as adversidades, e esta não será exceção”.

Em Penacova no total, foram recebidas 636 doses de vacinas aprovadas pela Agência Europeia do Medicamento (EMA) e pela Organização Mundial de Saúde (OMS) contra o novo coronavírus. Esta primeira dose está a ser administrada nas diferentes ERPI até ao dia 24 de janeiro, sendo a administração da segunda dose prevista para os meados de fevereiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui