Publicidade

Já temos Abril num horizonte próximo
Já corre liberdade nas veias em sangue na história
Já somos quase pessoas do mundo, alguns com glória
… mas ainda não temos águas mil!

É o mês do nosso tempo contente
Das comemorações em feito ardente
Das recordações guardadas nas canções
… mas algumas já só ouvidas pelo funil!

Abril vai continuar a ser o nosso horizonte
Abril ainda trará boas novas à Juventude febril
Abril está a aprender a ser e a querer Liberdade
… mas nem sempre a cultiva com ar gentil!

Quem não se recorda do Povo a sorrir?
Quem não viu o cravo flor a abrir
Quem não cantou, ou sonhou, ou participou?
… e quem não pensou ficar só em modo civil?

Luís Pais Amante
Telheiras Residence
1Abr22; 13h30

Publicidade

1 COMENTÁRIO

  1. É verdade liberdade demorou muito, hoje vemos sorrisos , alegrias, povo cantando, dançando.
    Abril é o mês que nunca devemos esquecer.
    Meu amigo Dr. Luís meus parabéns e sucesso pela poesia
    Abraços
    Omar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui