Publicidade

O Festival da Lampreia de Penacova vai realizar-se entre 09 e 10 de abril, depois de o evento ter sido inicialmente cancelado, em fevereiro, devido à escassez daquele peixe, anunciou a Câmara Municipal.

“Inicialmente previsto para fevereiro, mas adiado devido à escassez inusitada de lampreia, o festival acontece no segundo fim de semana de abril”, afirmou a Câmara Municipal de Penacova, em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

Segundo aquela autarquia, a edição deste ano conta “com a participação de onze restaurantes onde será servido o famoso arroz de lampreia a preço promocional”.

“A doçaria conventual – as nevadas e os pastéis de Lorvão – são oferta do município”, frisou a Câmara de Penacova, referindo que quem visitar um dos onze restaurantes aderentes habilita-se ainda a receber um ‘pack’ “Descobrir Penacova”, que oferece alojamento, refeições e experiências naquele concelho.

Em fevereiro, a Câmara Municipal tinha decidido cancelar o Festival da Lampreia, devido à escassez daquele peixe no mercado.

Na altura, a autarquia referia que “a escassez de lampreia no mercado agudizou-se e os fornecedores não conseguem abastecer os restaurantes”, tendo o município sido sensível “ao argumento dos empresários da restauração que temiam não poder responder à elevada procura”.

A meados de fevereiro, numa reportagem da Lusa, os restaurantes de Penacova queixavam-se da escassez de lampreia no rio Mondego, que levou a uma subida a pique dos preços praticados.

Nessa mesma reportagem, o coordenador do projeto ANADROMOS, que monitoriza a passagem de peixes pelo açude-ponte do Mondego, Pedro Raposo, notou que estava “a passar muito pouca lampreia” e considerou que se está perante “uma situação muito dramática”, não apenas naquele rio, mas também noutros, como o Lima, no norte do país.

“O efeito que temos aqui é a falta de água”, explicou na altura o investigador, salientando que a seca leva à redução dos caudais do rio e a uma consequente ausência de lampreia.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui