Com o objetivo de angariar verbas para concluir as obras de beneficiação da sede – na antiga escola primária de Riba de Baixo, em Penacova – a Associação Musical, Recreativa e Cultural Sons do Mondego realiza um Mercadinho da Primavera, em Sazes do Lorvão, a 9 e 10 de abril.

Publicidade

Lurdes Gonçalves: Diário As Beiras

Aproveitando a realização do Festival da Lampreia neste concelho, a associação inclui no programa o 4.º Encontro de Gaiteiros de Penacova, que, habitualmente, decorria em fevereiro; bem como o Festival de Música, que costuma acontecer em abril.

Pela primeira vez a associação vai também promover um Festival de Sopas, que conta com a participação de 10 associações concelhias, responsáveis por confecionar as sopas, estando ainda associadas a este certame iniciativas de cariz solidário, como é são as caminhadas “Abril mês da prevenção contra os maus tratos na infância”, e “Traga 1 alimento, leve 1 sorriso”.

O objetivo é angariar 13 mil euros

Um dos objetivos é realizar “fundos para terminar as obras de reconstrução da escola de Riba de Baixo”, diz Paulo Rodrigues, dando a conhecer que representam “um investimento de perto de 70 mil euros”.

O presidente da direção da Associação Musical, Recreativa e Cultural Sons do Mondego ressalva que “80 por cento do montante veio a fundo perdido, o restante teremos de angariar através de trabalho”, num total de 13 mil euros.

“Pensávamos que a reconstrução iria ser muito mais simples, mas foi mais duradoura”, confessa, anunciando, contudo, que espera “inaugurar a sede no aniversário, que será a 1 de dezembro, mas até lá temos um trabalho longo a fazer”.

Gaiteiros vão tocar à porta de cada restaurante

Relativamente ao Mercadinho da Primavera, o responsável pela associação sublinha que decidiram organizar o evento para coincidir com o Festival da Lampreia, com um grupo de gaiteiros a tocar à porta de cada restaurante que adere ao festival, para receber quem vem ao certame”.

O dirigente revela que, no Pavilhão de Festas de Sazes do Lorvão haverá “uma mostra com cerca de 30 expositores que vêm de 14 concelhos diferentes, de norte a sul do país”.

Explicando que este certame vai decorrer, no sábado, entre as 14H30 e a 1H00, e, no domingo, entre as 09H00 e as 20H00, Paulo Rodrigues salientou que “vamos ter à venda produtos feitos em Penacova mas também da Guarda, Batalha, Alcobaça, Santo Tirso, Viseu, Cantanhede, Mealhada, Poiares, Lousã, Arganil, entre outros”.

No domingo realiza-se um almoço de angariação de fundos a favor da associação em que “toda a comunidade se pode inscrever”, convida o presidente da Sons do Mondego, ressalvando que os participantes na caminhada “Traga 1 alimento, leve 1 sorriso” também se podem inscrever para este almoço. Realçando que “está nos estatutos que seríamos uma associação virada para as causas sociais”, o também bombeiro de profissão aproveitou para alertar que “nessa caminhada, iremos ter um número limite de 220 inscrições”.

 

Publicidade
Artigo anteriorMonitorização da atividade física duplicou nos cuidados de saúde primários
Próximo artigoFestival da Lampreia arranca este fim de semana em Penacova

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui