Publicidade

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra lançou ontem o concurso para eleger, no dia 14 de maio, um jovem ‘chef’, que representará a região numa competição europeia.

“Nós estamos a lançar a etapa regional, portanto a etapa que vai selecionar a pessoa que irá representar no panorama europeu”, do European Young Chef Award 2022, que este ano tem lugar nos dias 12 e 13 de novembro, em Trondheim, na Noruega, disse na conferência de imprensa de apresentação do concurso, o secretário executivo da CIM, Jorge Brito.

Os concorrentes vão ter de confecionar um prato tradicional (entrada, prato principal ou sobremesa), e um outro, que é a inovação desse mesmo prato.

Os cozinheiros devem confecionar os pratos destacando os produtos endógenos, valorizando o território, as comunidades, a cultura e os produtos.

As inscrições decorrem até dia 06 de maio, para eleger no dia 14, na Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra, o “Jovem chef 2022” que representará a região, na Noruega.

Os participantes serão avaliados por um júri com sete membros de várias áreas.

O concurso é aberto aos alunos dos cursos da área de cozinha ou pastelaria, com idade compreendida entre os 18 e os 26 anos, ou àqueles que, cumprindo o critério de idade, tenham terminado o percurso de formação em cozinha/pastelaria há menos de um ano e sejam oriundos de um dos 19 concelhos que integram a Região de Coimbra.

“Queremos ter um bom recrutamento de candidatos de jovens ‘chefs’, sejam alunos ou não alunos, para se poderem habilitar a este concurso”, adiantou o diretor da Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra, José Luís Marques.

A iniciativa está integrada na distinção “Região de Coimbra: Região Europeia de gastronomia 2021-2022” e é organizada pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, em parceria com a Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra.

As inscrições são gratuitas e deverão ser efetuadas através da ficha de inscrição disponível no ‘site’ tastecoimbraregion.pt, onde constam as normas de participação.

O vice-presidente da Comunidade, Raul Almeida considerou que os três princípios que estão subjacentes a este concurso se enquadram “perfeitamente naquilo que é a nossa estratégia” como Região Europeia da Gastronomia.

O concurso European Young Chef Award foi criado pelo Instituto Internacional de Gastronomia, Cultura, Arte e Turismo (IGCAT) e tem como objetivos promover a inovação na gastronomia tradicional, promover os sistemas alimentares locais, regionais e globais sustentáveis.

Este projeto é apoiado pelo Programa Valorizar do Turismo de Portugal.

Integram da CIM Região de Coimbra os municípios de Arganil, Cantanhede, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Figueira da Foz, Góis, Lousã, Mira, Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penela, Soure, Tábua e Vila Nova de Poiares, do distrito de Coimbra, e Mealhada e Mortágua, dos distritos de Aveiro e de Viseu, respetivamente.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui