Este artigo destina-se a todas as pessoas que praticam algum tipo de exercício físico ou têm vontade de iniciar a prática. Temos como objetivo elucidar o leitor para que faça uma escolha adequada às suas características pessoais, aos seus objetivos e interesses e aos recursos e tempo disponíveis quando escolher uma modalidade.

Publicidade

A principal preocupação deve ser a saúde, como tal deve escolher uma modalidade que não prejudique a sua condição. No caso de ter alguma lesão ou doença deve consultar o seu médico e um treinador de modo a garantir uma prática benéfica.

Antes de mais estabeleça objetivos. Seja para perder peso, aumentar a massa muscular, melhorar a sua saúde, o exercício tem de se adequar à meta que pretende atingir.

Os gostos pessoais são importantes na medida em que o exercício deve proporcionar a satisfação do praticante. Quando escolher a modalidade saiba que é fundamental que se sinta bem durante o exercício e que é mais fácil obter resultados quando fazemos o que gostamos.

Existem condicionantes à prática de exercício físico, como por exemplo, os recursos disponíveis. A escolha da modalidade deve ser de acordo com as características do local onde vive e as infraestruturas existentes.

O tempo é um fator importante. Se tem pouco tempo opte por uma modalidade que possa praticar sem fazer grandes deslocações. Agende o horário semanal destinado ao exercício físico para conseguir organizar o seu tempo.

Posto isto, de seguida explicamos, com exemplos práticos, quais são as modalidades que deve escolher em função dos seus objetivos:

Perder peso. Se pretende perder peso, saiba que o melhor exercício é a corrida, mas se nunca correu é melhor começar pela caminhada. O ciclismo e a natação são boas alternativas.

Aumentar a massa muscular. Para quem quer aumentar a massa muscular o que se recomenda é realizar treino de força. Pode frequentar um ginásio ou contactar um personal trainer.

Aumentar a flexibilidade. Exercícios como o Pilates ou Yoga são eficazes tanto no desenvolvimento da flexibilidade como na recuperação de lesões, sendo recomendado para o tratamento de vários problemas músculo-esqueléticos.

Melhorar o sistema cardiorrespiratório. Todos os exercícios que estimulem o sistema cardiorrespiratório, tais como a natação, o ciclismo, o ténis, os jogos coletivos (ex. futebol, andebol), sendo que a corrida é o mais efetivo.

Bem-estar físico e mental. Para as pessoas que estão menos preocupadas com os resultados e mais com o bem-estar recomendamos exercícios como Pilates, Yoga, treino de força com o peso corporal ou algum tipo de dança (ex. Aeróbica)

*Se tiver dúvidas escreva um comentário, nós ajudamos.

Quer saber mais sobre o exercício físico?

Pode encontrar aqui vários artigos sobre esta temática.

Leandro Rosas

Publicidade
Artigo anteriorIncêndios: Município de Penacova alerta para a interdição de queimas e queimadas
Próximo artigoEscola Profissional Beira Aguieira alvo de ação de despejo pela autarquia, a quem deve cerca de 150 mil euros em rendas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui